Miosfascial vem de Mio (músculo) e Fascial (fáscia) : é uma técnica de manipulação de tecido conjuntivo(fáscia) para solucionar contraturas, aderências e fibroses, as quais causam dor e restrições de movimentos.
A fáscia é um tecido conjuntivo fibroso e esbranquiçado que envolve os músculos, proporcionando proteção e apoio. Esse tecido conjuntivo é formado por duas proteínas: elastina e colágeno. O colágeno irá se modificar durante toda nossa vida. Se aplicarmos uma tensão na fáscia de pequena duração e várias repetições, irá fazer com que a fáscia torne-se cada vez mais compacta e rígida. Quanto mais rígida a fáscia, maiores serão os problemas como: hérnias de disco, artroses, tendinites, bursites, escolioses posturais entre outras disfunções do corpo!
Uma vez rígida, a fáscia irá prejudicar a matriz extracelular, onde se encontram a substância fundamental e a linfa intersticial, as quais garantem nutrição e eliminação de processos inflamatórios das estruturas do nosso corpo.
Sendo assim, quando temos algo que impeça esse fluxo de nutrição e limpeza dessas estruturas precisamos liberar a fáscia (tecido conjuntivo) através de terapia manual (liberação miosfascial) com uma tensão mais continua e prolongada para assim conseguirmos o alongamento da fáscia. Com isso, poderemos realizar atividades físicas e do dia-a-dia com mais disposição e agilidade!